domingo, 21 de outubro de 2007

Uma romã no Outono

Ainda a tentar ter um Outono, mesmo que ele só me aconteça ao fim da tarde, ou num passeio pelo campo a pisar as folhas já secas dos plátanos, a verdade é que já sinto a brisa mais fria de um tempo mais frio! Ainda bem, à noite pode-se acender a lareira, mesmo que seja só por capricho, mas vale a pena queimar o 'gesto' de que falava Camões e deixarmo-nos perder nesta atmosfera ainda dúbia! Mais uma fruta de Outono, esta para comer à medida que o tempo passa e, se for no campo, melhor, porque aqui o tempo passa infinitamente mais devagar, como se não passasse.

A romã tem uma importância milenar, associada ao amor, à paixão e à fecundidade, aparece desde os textos bíblicos. Os gregos tomaram-na como símbolo do amor e da fecundidade e consagraram a sua árvore a Afrodite, pois acreditavam nos seus poderes afrodisíacos. Eu adoro romãs, demoram a descascar, mas vale a pena... semente a semente, vamo-nos enchendo de amor!

14 comentários:

M´ disse...

Não é por acso que Romã é um anagrama de Amor.
(Também de Roma, dirá Nero, ele que era um anagrama de Reno mas preferiu o fogo à agua...)

Mário Pipopó disse...

saíu tudo ao contrário - raio de Blog! acabaram-se as romãs. Pronto! Faço birra!
Mário Pipopó

Miguel disse...

Mais um rica descoberta. Quer dizer , foram duas...esta e o " Codornizes". Esta blogosfera dos amigos está-se a tornar um imenso cais de desembarque, para quando chego das minhas viagens por mares atribulados.Sabe sempre bem repousar numa esplanada, onde não falta nada, daquilo dos que gostam de esplanar, querem. Portanto, obrigado.

Pedro disse...

Agradeço em casa alheia a menção ao meu ninho blogosférico. Também gosto deste nosso canto no éter... um abraço, Miguel. E um beijinho à sereia que manda neste cais.

Sofia disse...

Esclareçam uma coisa aqui a esta marinheira: o primeiro comentário é de quem? da minha amiga m.? Ou do meu amigo pipopó?
De quem quer que seja ainda bem que se lembrou desse anagrama... E eu que sou muito de anagramas, nem sabem como, mas não me tinha lembrado deste! Os outros marinheiros estão cá para isso! O tempo ali no campo é tão lento que nós próprios ficamos mais lentos!

Mário pipopó nada de birras e um pouco mais de paciência, não sei o que se passa para não dar para comentar à primeira! Mesmo que as romãs se acabem ainda esperamos os maracujás! Quantos quilos?

Olá Miguel, obrigada pelas palavras bonitas e bem-vindo a este cais! Aqui as águas são pacíficas e apetece ficar! Conto com mais palavras destas... aporte sempre que quiser!

Pedro, a casa é alheia mas podes vir sempre que quiseres! Quanto ao ser sereia, hoje ando mais numa de gaivota, apesar de já ter sido sereia como a A noite passada do Sérgio! Parece que as codornizes andam sempre a visitar o cais e vice-versa. Continua! Quando será que faazes de mim um blogue à quinta?

beijinhos a todos

quequedenoz disse...

Por falares em romãs, amor, paixão e fecundidade vou contar-te um pequeno segredo que os mais velhos sabem, pois foi-me ensinado pela minha avó (sábia e linda idade), para que nunca te falte nenhum destes três pilar da vida. Pede que te ofereçam uma romã, roubada, tem mesmo que ser roubada!, e coloca-a num sítio da tua casa onde ela (romã) esteja permanentemente a olhar para (e por) ti, mas que tu não a vejas, assim nunca te faltará, amor, paixão e uma família feliz!
Um beijo

Sofia disse...

Olá quequedenoz... já tinha saudades! Adoro os ensinamentos dos avós, acho que são coisas preciosas que devemos guardar e ensinar aos outros!
Eu tenho a sorte de ter aprendido e de ainda aprender muito com as três avós que tenho (sim, que eu cá não me contentei com duas e adoptei outra!)!
Vou ver se sigo o teu conselho! Amor, paixão e família feliz, se incluir pequeno-almoço na cama, estou nessa!
beijinhos. Gosto muito que apareças por aqui.

Pedro: vai roubar uma romã!

quequedenoz disse...

Tenho a certeza que inclui o pequeno almoço na cama, ah! e também o aconchego da mantinha no corpo quando adormecemos no sofá, inclui tudo desde que queiramos ser felizes com o que a vida nos dá.
Também gosto muito de atracar neste cais, não falto, passeio por aqui todos os dias!
beijos

Codorniz: vai roubar uma romã!

M. disse...

nao era meu o comentario nao,so vi o post romanizado agora mesmo. adoro romãs,nem sabes o quanto.Punica granatum yammy...comer a colherada depois de arranjada e delicioso, e esteticamente falando os bagos de roma sao lindos.adoro a semelhança ao sangue e a analogia com a fecundidade.
fizeste me lembrar uma coisa que escrevi prai 5anos..era algo assim:
O teu amor a lixia, o teu sanor a romã, os bagos que na tua boca derretia, nela respirando ate de manhã" que foi inventado em conjunto enquanto comia romãs..lol.
disseram-me hoje que chá de romã faz bem a garganta,acho que estou a precisar.chamam-na a fruta do milagre e dizem que previne a doenças cardíacas,estimulante do apetite, afrodisíaco, doenças da boca,enxaquecas, febre,infecções dos olhosm,e previne o envelhecimento.ja viste?deviam ter ensinado isto no era uma vez a vida.as romãs sao fixes enossas amigas.

Sofia disse...

Ui adormecer no sofá... um clássico aqui desta marinheira! E ainda bem que aqui vens todos os dias. Quando nos vemos? Cobinamos e ainda te ofereço uma taça de marmelada! beijinhos

Ai M., és uma querida! E sempre atenta aos pormenores que às vezes me escapam! Já vi que a romã tem muitas potencialidades, não sabia nada disso! vou passar a comer mais vezes! Será que haverá alguém para me descascar uma ou duas? Olha põe lá mais escritos no teu blogue, que nós gostamos!

beijinhos grandes
(p.s. ainda te faço doce de romã, ou mesmo licor!)

Pedro disse...

M., beijinho muito grande só pela menção ao Era uma vez a vida. Segue o linque e até a música poderás ouvir. A sério, é uma das minhas graaandes recordações de infância (calculo que tenhas visto em reposição)... olha, acho que até me deste uma ideia, vou criar uma rubrica de coisas dessas no codornizes. A propósito, passa por lá e deixa uns comentários, que eu prometo responder.

Quequedenoz: és querida todos os dias, o que é que se há-de fazer?

Sofia: a romã que roubar hei-de descascar... para ti!

Sofia disse...

Pedro: a romã que roubares não é para descascar, é para guardar. Não leste os ensinamentos do quequedenoz? Vai lá ver outra vez! Batata doce de pequeno-almoço também serve. Obrigada.

Anónimo disse...

necessario verificar:)

Anónimo disse...

reported nearly everybody cover his or her lending products promptly together with without charges
A leading personal debt charitable trust plans the sheer number of individuals looking towards him or her just for enable across pay day loan obligations that will two times this approach. unsecured debt nonprofit says approximately purchase that quick, great attraction borrowing products 2010. The charitable organization pronounces several years gone by the quantity of individuals with them is trivial.
pożyczka na dowód
pożyczka na dowód
pożyczka gotówkowa bez prowizji
pożyczka gotówkowa bez bik i zaświadczeń
kredyty bez bik

http://kredyty-bez-bik.org.pl
http://pozyczki-prwatne.org.pl
http://pozyczki-prwatne.net.pl