quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Hoje é o dia


‘Hoje é o dia’ é o nome de mais uma campanha da Nicola, a marca de cafés e dos Encontros Perfeitos. Na nossa vida, surpreendemo-nos muitas vezes com esta promessa de um dia fazermos ‘isto ou aquilo’, mas a vida vai passando e ‘isto ou aquilo’ fica para trás! São os desejos adiados, os sonhos esquecidos... Enfim, e se seguirmos o conselho?

11 comentários:

Pedro disse...

'bora!

madrinha disse...

LOL! É uma excelente campanha, e também um excelente conselho, Sofia. Não ponho açucar no café, mas um dia destes a minha chávena trazia o melhor de todos, que dizia "Um dia vou deixar de dizer: um dia".

Hoje é o dia!, seja para o que for que queiramos muito.

Beijos

Sofia disse...

Bora nessa, Pedro! A que horas me vens buscar? Levo mala? Ou compramos tudo lá? Para onde me vais raptar?

beijinho... fico à espera!

Madrinha... esse também gosto! E como também não ponho açúcar no café, a ver se o guardo para não me esquecer de nunca mais dizer 'um dia', para que esses dias passem a hoje!

beijinhos

M. disse...

tenho o primeiro "um dia largamos tudo e fugimos juntos" na parte de tras do telemovel.gostei tanto que quis olhar pra frase todos os dias.
acho que estou a espera que alguem se decida que pode ser O dia.

Sofia disse...

Vais ver que o teu Romeu vai aparecer um dia destes e rapta-te para um sítio maravilhoso! Eu também gosto daquele que diz que 'um dia vou viver para a beira-mar'... eu queria ir... hoje!

beijinhos

manuel teixeira disse...

Boa campanha. Bom copy writing.
Venham mais, para rodar, e não ficar só por aqui.

Pedro disse...

Isso, Manel! Nos pacotinhos de açúcar da Nicola vêm montes de frases destas. Já tive a sorte de realizar algumas com a blogueira deste cais, que fica desde já convidada para voltar à beira-mar (onde já estivemos hoje) amanhã. Beijinhos e abraços!

Sofia disse...

Olá Manuel! Bem-vindo aqui a este cais! Apareça mais vezes! Beijinhos

Pedro: aceito o convite, mas quando puderes oferece-me uma casa na árvore e outra na rocha!

beijinhos

Pedro disse...

Árvores e rochas já temos muitas só nossas... casa também. Falta juntar tudo num tacho e encontrar a cozedura ideal (perdão, adequada, odeio ideal quando é adjectivo). Algum marinheiro tem receitas?

Sofia disse...

Pois que se cozinhe tudo isso... com receita ou inventadno, juntando as especiarias do amor e aquilo que houver no frigorífico! Fico à espera, talvez consigamos um castelo, como o da Pena, que puseste no horizonte para mim, esta manhã, quando voltávamos de fim-de-semana. beijinhos

asourceofinspiration.com disse...

És capaz de apreciar o widget da Nicola para o iGoogle:
http://tinyurl.com/256sqk

Ou até incluir no teu blog:
http://tinyurl.com/2faf94

Hoje é o dia :)