sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Sonata fácil de dançar...

Sonata fácil de Mozart


(Primeiro andamento)



(Segundo andamento)

(terceiro andamento)

Ontem, fizemos de uma sala de estar um salão de baile! O codornizes voltou a sentar-se ao piano, primeiro a medo, depois como um artista, e eu aceitei um desafio:

- Dance comigo! Dance!

E dancei pois. Quatro bailarinos... eu e os três porquinhos. Uma festa! Ouvir o ritmo, ensinar o passo, acertá-lo, esquecendo os bons palmos de altura que nos afastavam, fazer piruetas, rodopiar, saltitar e improvisar muito, que nestas sonatas tudo se pode menos pisar! E eles sabiam isso! E lá estivemos mais de uma hora, de um lado para o outro, trocando de par, inovando a dança, acabando muitas vezes no chão, entre risos e cócegas. Descanso só no meu colo onde rodopiávamos mais do que nunca! E no fim, dançar abraçadinhos, ser chamada de 'querida' e cair em delícias com o conselho final:

- Se fechar os olhos, sabe ainda melhor!

Pois sabe! Fechámos os olhos e continuámos o baile...

Por fim, troquei um dos dançarinos pelo pianista e aí é que a valsa se dançou!

5 comentários:

marta disse...

Que engraçado, na fim de semana passado, também estive a ensinar um pré-adolescente a dançar

Que divertido que foi.

Mas dançar, com o nosso par, é como a dança de bolas de sabão com arco-íris e tudo.

JRL disse...

uma valsa assim até apetece... ;). um beijo

CVD disse...

Que queridos... e pequenino mas muito sabido...porque de olhos fechados...sabe muuuito melhor!!!

O rapaz faz-se!

Sofia disse...

Sabes Marta, os meus três princípes têm quatro e cinco anos... é uma maravilha ensiná-los nestas artes da dança! A maior inocência e beleza... Fazemos muitas vezes esta brincadeira... Outra é cantar no carro...

Mas quando temos o nosso par, tens razão, parece que a pista fica só para nós e aí é que dá para rodopiar... quase me sinto a cinderela no baile com o príncipe!

beijinhos

Sofia disse...

JRL, apetece, não apetece? Por mim podem vir todas e mais algumas que eu etsarei cá para dançá-las!

Vês prima Clara... os mini-primos fazem-se... uns galãs! Quando crescerem vão ser frescos! Vais ver...

beijinhos às duas