quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

A pedido de uma família...


Há um abraço que nos enlaça e dançamos juntos, com os nossos olhos enredados no primeiro olhar da paixão.



Meus lindos olhos, qual pequeno deus
Pois são divinos, de tão belos os teus.
Quem, tos pintou com tal feição
Jamais neles sonhou criar tanta imensidão.

De oiro celeste,
Filhos de uma chama agreste
Astros que alto o céu revestem
E onde a tua história é escrita.

Meus lindos olhos, de lua cheia
Um esquecido do outro, a brilhar p´rá rua inteira.
Quem não conhece o teu triste fado
Não desvenda em teu riso um chorar tão magoado.

Perdões perdidos
Num murmúrio desolado
Quando o réu morava ao lado
Mais cruel não pode ser.

Este fado que aqui canto
Inspirou-se só em ti
Tu que nasces e renasces
Sempre que algo morre em ti
Quem me dera poder cantar
Horas, dias, tão sem fim
Quando pedes só pra mim
Por favor só mais um fado.


Nota: À M. que vai chorar a ouvir isto!

6 comentários:

Sandý disse...

Andas mesmo numa onda de fado!??!
Qual é a inspiração?

Sofia disse...

A inspiração é o meu Mp3 que insiste em tocar o fado e uma tendência para os temas do Fado, nestes últimos dias!

beijinhos

Cleopatra disse...

Gostei tanto linda!
Gosto muito de fado!
Ai agora deu-me uma saudade de ir a uma casa de fados comer um belo de um caldo verde!!hihihihihi
Tenho que dizer ao meu imperador para me levar lá!!:))))
Beijinhos querida
Cleo

Sofia disse...

Um dia destes vamos as duas comer esse tão desejado caldo verde! Combinado?

beijinhos e vai descansar

M. disse...

não fazes ideia do que esta musica me faz. encosta-me contra a parede..é tão lindo. e sim, puseste-me a chorar. está nos top 5s de me fazer cair as lagrimas.
obrigada babe*

Sofia disse...

Ai a minha amiga sensível!
Encosta a cabecinha e chora...
beijinhos