domingo, 30 de dezembro de 2007

Desejos de Ano Novo do Chico



A minha nega me pediu um vestido
Novo e colorido
Pra comemorar
Eu disse:
Finja que não está descalça
Dance alguma valsa
Quero ser seu par
(...)
E quem for cego veja de repente
Todo o azul da vida
Quem estiver doente
Saia na corrida
Quem tiver presente
Traga o mais vistoso
Quem tiver juízo
Fique bem ditoso
Quem tiver sorriso
Fique lá na frente
Pois vendo valente
E tão leal seu povo
O rei fica contente
Porque é Ano Novo

Que o ano 2007 acabe em beleza e o de 2008 comece em alegria ainda maior... também com estes olhos a cantar para nós, não é difícil.

Nota: prometo responder aos comentários mal volte a Lisboa, mas obrigda a todos.

4 comentários:

marta disse...

mais uma vez e porque nunca são de mais


Bom Ano, Sofia

Su disse...

Maravilha! Ainda passo uma mudança de ano no país tropical a ouvir aquela voz quente!

Um óptimo 2008 para este Cais e para todos!

Huckleberry Friend disse...

Finja que não está descalça
Dance alguma valsa
Quero ser seu par


Descalça não estavas, porque o chão da casa do Baleal é frio. Mas foi bonita a valsa que encerrou a noite de Ano Novo. Um beijo e bom ano para nós!

sem-se-ver disse...

um óptimo ano novo para ti!!!