sexta-feira, 18 de abril de 2008

Adeus ao medo!

Aqui há uns tempos a Ana escreveu esta frase num comentário do Cais e hoje lembrei-me dela, porque assenta que nem uma luva nos meus pensamentos - quando acaba o medo e se acende a luz:

"Todos os dragões da nossa vida são, talvez, princesas que esperam ver-nos um dia belos e corajosos. Todas as coisas aterradoras não são mais, talvez, do que coisas indefesas que esperam que as socorramos."
(Rilke)



(Ana Moura - Aconteceu)


Nota: A música é a quem me apetece ouvir, a propósito de um sorriso matinal, na surpresa de uma voz.

Bom fim-de-semana a todos, volto segunda, que o campo está à minha espera!

4 comentários:

Cleopatra disse...

Olha..e nem sabes o bem que me fez ler esta frase!!!:)
Um beijão barrigudo querida...e bom fim de semana no campo!!!
Hummm tão bom!!!
Cleo

av disse...

A frase tem sido preciosa muitas vezes ao longo da minha vida, Sofia. É uma verdade simples, mas tantas vezes são as mais difíceis de entender! Perder o medo é sempre uma vitória. Parabéns.
Juntaste uma música que é muito especial para mim.
Beijinhos, bom resto de Domingo.

JG disse...

Só os grandes escritores sabem dizer do que sentimos ou acontece.
Bela frase, Sofia.
E a música e o poema, como diz a Ana, é muito especial.

Beijo redondinho :)))

Sofia disse...

Cleo, quem é amiga, quem é?
beijo
p.s. O fim-de-semana foi fantástico, mas já estou a precisar de outro!

Sim Ana, as coisas simples são, muitas vezes, as mais difíceis de ver e de ultrapassar. Demorou, mas foi!

A música... depois conto-te uma história!
beijos

JG, é juntar a verdade à beleza e em todas elas ver a simplicidade.
Beijinho grande

p.s. Tenho uma fotografia para te mandar